segunda, 25/03/2019

No apagar das luzes, deputado paraibano cobra andamento do projeto que cria Zona Franca do Semiárido

10/01/2019 - 08:37 - Política

Compartilhe:
No apagar das luzes, deputado paraibano cobra andamento do projeto que cria Zona Franca do Semiárido

 

No apagar das luzes, restando apenas três semanas para deixar a Câmara Federal, o deputado Wilson Filho (PTB) voltou a cobrar mais agilidade na votação do projeto que cria a Zona Franca do Semiárido nordestino na Câmara dos Deputados. Para ele, é preciso garantir o desenvolvimento e o crescimento da Paraíba e de outros estados que irão se beneficiar com a aprovação da matéria.


“Esse projeto já passou por todas as áreas desta Casa. Mas, infelizmente, a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados não o pauta. Ele já está pronto para ser votado. Precisamos de uma resposta rápida. Estou deixando a Casa, mas o deputado Wilson Santiago continuará essa luta e essa cobrança pela aprovação do projeto. É preciso garantir o desenvolvimento da Paraíba, principalmente, do interior”, destacou o deputado.


Wilson Filho destacou que é preciso preparar as pessoas para trabalharem numa área de livre comércio, principalmente os jovens. “É por isso que, durante todo o nosso mandato, nós conseguimos no Ministério da Educação, no Ministério do Trabalho, mais de R$ 40 milhões de reais para qualificar adolescentes, jovens e adultos do nosso Estado”, disse.


Projeto – O projeto que cria a Zona Franca do Semiárido Nordestino propõe uma área de livre comércio entre 93 municípios, para exportação e importação com incentivos fiscais, pelo prazo de 30 anos. A isenção proposta beneficia parte dos nove estados do Nordeste e de Minas Gerais, partindo da sede que será em Cajazeiras, no Sertão paraibano, em um raio de 100 quilômetros. A estimativa é que o projeto possibilite a criação de cerca de 1 milhão de empregos diretos e indiretos.