segunda, 23/09/2019

Quem será o novo prefeito interino de Patos? Veja análise

23/08/2019 - 14:56 - Opinião

Compartilhe:
Quem será o novo prefeito interino de Patos? Veja análise

Vereadores que registraram candidatura para a eleição da presidência da Câmara de Patos

 

Hoje é dia 23 de agosto e será mais um dia muito marcante para a cidade de Patos, que vai eleger, por meio da eleição da mesa diretora da Câmara Municipal, Casa Juvenal Lúcio de Sousa, o novo presidente da câmara e, consequentemente, o novo prefeito da cidade. Isso porque, após a renúncia do ex-prefeito interino, Sales Júnior, que era presidente da câmara, o cargo ficou em vacância. 

 

Após o dia 20 de agosto, quando o ex-prefeito interino Sales Júnior (PRB) renunciou ao cargo, surpreendendo a todos, muito se tem falado na mídia paraibana e patoense sobre os possíveis nomes que possam concorrer e assumir a prefeitura de forma interina do município de Patos, capital do Sertão. Depois do anúncio da renúncia de Sales, quatro nomes registraram candidaturas para concorrer à presidência da Câmara Municipal, e também a prefeitura do município; são eles: Tide Eduardo (MDB), Edjane Araújo (PRTB), Dr. Ivanes Lacerda (MDB) e o Capitão Hugo (PTN).

 

A vereadora Edjane Araújo já havia falado que seria candidata à prefeitura de Patos em 2020, mas ela estava como secretária de Desenvolvimento Social na gestão de Sales Júnior, quando renunciou ao cargo e voltou ao seu mandato na Câmara para concorrer à eleição desta sexta (23). Edjane é tida como um nome forte, pois é articuladora, é jovem, mas tem um bom trânsito na câmara, com aliados como o vereador Diogo Medeiros e o próprio Sales Junior, entre outros.    

 

Em relação ao vereador Dr. Ivanes Lacerda, ele irá completar 20 anos de casa e tem o desejo de ser prefeito de Patos. Segundo ele não será mais candidato a vereador em 2020, mas sim concorrerá à prefeitura da cidade. E agora surgiu a oportunidade de ser prefeito interino até que a justiça decida sobre o caso Dinaldinho. Dr. Ivanes tem o apoio do grupo Motta, e conta com o apoio da vereadora Fatinha Bocão, Nadir Rodrigues e outros nomes que não foram revelados.

 

Outra candidatura registrada foi a do Capitão Hugo, que sempre vem combatendo as irregularidades da prefeitura de Patos. Ele contará também com o apoio do voto de Toinho Nascimento, segundo apurou, o Blog do Jordan Bezerra. Se isso ocorrer Tide perde um voto nas suas contas e poderá ser fatal para suas proteções de vencer a eleição. 

 

Por fim, quem registrou por último a sua candidatura à presidência da Câmara foi a vereadora Tide Eduardo, esposa do ex-vereador Marcos Eduardo, e seu pleito já nasce forte, pois ela publicou uma foto com alguns vereadores em que afirma que tem o apoio de sete (7) parlamentares da casa, são eles: Suélio Caetano, Gordo da Sucata, Goia, Ramon Pantera,  Lucinha Peixoto, a própria Tide Eduardo e Toinho Nascimento, que embora não tenha aparecido na foto, a turma de Tide conta de certeza com seu voto.

 

Nomes à mesa, fica a pergunta: a preço de hoje, quem é favorito a ser o próximo prefeito da cidade de Patos? Em questões matemáticas, quem tem maior número de votos e a vereadora Tide Eduardo, que tem seus 7 votos garantidos, segundo ela. É uma candidatura que ganhou musculatura e se houver uma mudança radical será a favorita a e vencer a eleição. 

 

No entanto, ninguém de véspera, pois fala-se nos bastidores de uma articulação forte para a união entre os candidatos Edjane Araújo e Dr. Ivanes Lacerda, algo que contraria as pretensões de Tide. Isso porque com essa união eles podem somar oito (8) votos. Nessa composição, não se sabe se Dr. Ivanes sairia como presidente e Edjane vice-presidente ou o inverso.  A grande questão é: como se colocaria o grupo Motta. Se Lucinha Peixoto é fiel e braço direito do grupo, e se ela está apoiando Tide em vez de apoiar Dr. Ivanes há dois caminhos a serem analisados: ou foi uma jogada de mestre do grupo Motta em dividir seus votos para minar as forças de Edjane Araújo ou foi uma traição ao próprio Dr. Ivanes que já tinha registrado sua candidatura antes mesmo de Tide Eduardo. Mas só saberemos responder a esta dúvida à noite, após o resultado da eleição.  Portanto, se acontecer essa união entre Edjane e Dr. Ivanes seria uma derrota grande para o grupo Motta. Porque Edjane tem pretensão para ser candidata em 2020 e Dr.Ivanes. Por outro lado, não havendo essa união entre os vereadores, anularia as pretensões de Ejane Araújo. 

 

Já que Tide Eduardo tem 7 votos e a possível união entre Edjane e Dr. Ivanes somariam 8 votos, formam 15 e sobrariam dois, já que são 17 vereadores, mas um voto é de Capitão Hugo. O último voto, se for Dr. Ivanes e houver um empate, no critério de desempate ele levaria, neste caso.

 

A verdade é que muito se tem debatido nas rádios e sites de Patos e região que, apesar desta eleição de hoje, a cidade continuará sofrendo e essa instabilidade administrativa e econômica irão perdurar por algum tempo ainda, até que a justiça defina de uma vez a realidade de Dinaldinho, se ele vai ser cassado de vez ou se votará ao poder. Imagine que a eleição é hoje, e se a justiça determina a volta dele, será um balde de água fria.

 

A Rádio Arapuan de Patos realizou, nesta sexta-feira (23), uma enquete no programa ARAPUAN VERDADE, apresentado por Isaías Nóbrega e Jamersom Ferreira, que pergunta quem seria melhor nome para assumir a prefeitura de Patos. Entre áudios de WhatsApp e ligações foram 192 pessoas que participaram, Dr. Ivanes obtive 110 votos, que corresponde 57%, já Edjane teve 70 votos, 36%, já Tide somou 7 indicações e o Capitão Hugo 5. Será que os vereadores vão ouvir o som das ruas? Ou vão pensar nos interesses pessoas, ao invés do coletivo, à noite se saberá.

 

 

Blog do Jordan Bezerra